ler e escrever

O que seria um sem o outro?
“A arte de ler é, em muitas maneiras, contrária à arte de escrever. Ler é um ofício que enriquece o texto concebido pelo autor, aprofundado-o e tornando-o mais complexo, concentrando-o par que reflicta a experiência pessoal pessoal do leitor e expandindo-o para que alcance os mais longínquos confins do universo do leitor e mais além. Escrever, ao invés, é a arte da resignação- o escritor tem de aceitar o facto de que o texto final não será mais do que um reflexo turvo da obra que concebera na emnte, menos ilumnado, menos subtil, menos pungente, mesno preciso.”
Alberto Manguel, Uma História da Curiosidade, p.12, Tinta da China, MMXV, Lisboa.