CAM José de Azeredo Perdigão – Gulbenkian

http://www.camjap.gulbenkian.pt/

Darwin na Gulbenkian

"Eu penso..."
"Eu penso..."

Uma exposição significativa de acordo com o patamar de qualidade a que a Gulbenkian nos habituou. Não fosse este lugar de magia cultural e intelectual onde estaria Portugal? É uma prazer sereno estar por ali, frequentar os jardins, a esplanada, as salas, a biblioteca, o CAM… e agora esta exposição. A rever quantas vezes for possível.

“I Think” é um dos painéis que escolhi para deixar aqui. “Eu penso…” é, sem pressa de fazer, sem pressa de sucesso, com o tempo por companhia, com a data cumprida quando o trabalho estiver completo; é assumir e defender o que se concluiu, o que se pensou, as hipóteses que se desenharam; é discutir e argumentar com os outros; é aceitar-se, é ser pessoa por inteiro!

Esta exposição também mostra Darwin como humano, tal como nós, com problemas mundanos, semelhantes aos que temos de resolver todos os dias: no trabalho, na família, na saúde…; é tímido e não reconhece a importância do trabalho que desenvolveu: humilde. E Tal como nós, teve que os aceitar.