tempo


vieste de um tempo que não é tempo, vais para um tempo em que este tempo não existe. quando te vais já não importas. a tua cova é um balde de lixo. e que interessa isso, se te vais ao lixo? no lixo, quando por lá navegares, nem o nada existe. nem o existe, existe. por isso, vale viver agora, depois nem viver existe.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s